sábado, 2 de fevereiro de 2013

Exposição "Diocese de Aveiro, presente e memória"


O património cultural da Igreja pode ser definido como o acervo de bens de mérito artístico, histórico, paleontológico, arqueológico, etnológico, científico, técnico, documental e bibliográfico; por isso, ele é constituído por valores materiais e imateriais, nos quais se consubstanciam legados de épocas anteriores. O fim específico dos bens culturais da Igreja Católica é o anúncio do Evangelho, o culto divino, a pedagogia da fé, a piedade dos fiéis e a promoção espiritual; por isso, o património da Igreja justifica-se na medida em que ele for ordenado àquele objetivo no exercício da missão da mesma Igreja, como instrumento útil e necessário, ou até indispensável. Tais obras, saídas do talento do homem, tendem assim a exprimir a infinita beleza de Deus e a orientar para o louvor e a glória do mesmo Deus.

A BARCA DA PONTE DA CAMBEIA VAI FICAR NO CAIS

Os que mais amo na vida: Lita, João, Aida, Fernando e Pedro  A Barca da Ponte da Cambeia vai ficar no cais. O homem do leme, que eu fui...