Prior Sardo, fundador e “rei”

Padre João Ferreira Sardo

“Em artigo publicado em "O Ilhavense", no dia 1 de Dezembro de 1958, o Padre Resende afirma que o Prior Sardo «dava ordens e directrizes em que era obedecido sem restrições ou quaisquer objecções, criando por esta forma ambiente favorável à criação da freguesia, que ele desde há muito trazia em mente». Noutro passo do seu artigo, garante que o Prior Sardo era considerado «o rei daquelas terras», sendo o primeiro a entender, «diante de Deus e dos homens, que devia interferir oportunamente com a sua autorizada acção e eficaz campanha na independência desejada». Assim, «reconheceu a necessidade de ingressar nos segredos da política dominante e agir dentro dela, como era costume, naqueles tempos, qualquer entidade que solicitasse uma mercê»”.


Fernando Martins 
in “Gafanha da Nazaré, 100 anos de vida”, 
pág, 80-81

Nota: Excerto de um texto publicado no "Correio do Vouga" em 8 de setembro de 2010

Comentários